It's English, Buddy!

Começar agora

Future: Be Going to - How to use it?

Saturday, June 28, 2008
Uma das maneiras de transmitimir uma idéia de futuro no Inglês é com o uso do Be Going to.

Qual a diferença entre Future com Will e com Be Going to?
É simples, usa-se Be Going to para ações antecipadamente planejadas e que transmitem certeza.

Example:

  • I am going to travel to Germany. (I've already bought the tikets).
  • Jane is going to go out with Kevin. (She told me she has an appointment with Kevin tonight.)

Já com Will são ações que decidimos momentaneamente ou previsões que não se baseam em algo.

Example:

  • (The telephone is ringing) - I will answer the phone.
  • In the future there will be no illness. (It is just an opinion, It's not based on research or other information.)

Entretanto, em um contexto geral da fala pouco se distinguem.
Agora que sabemos a diferença entre as duas formas vamos para a parte estrutural.

Subject / Sujeito + to be (am, are, is) going to + main verb.

Kathy (Subject) is (to be) going to bake (main verb) cookies.

Labels: , ,

To be a "Grammar Geek" or a "Small-Talker"?

Friday, June 27, 2008
Um artigo muito interessante do Kenneth Beare me chamou a atenção hoje, sobre "Small Talks", pra quem não conhece são aquelas típicas conversas de elevador ("Parece que vai chover, não acha?")

"Esse tipo de diálogo tem dispertado maior interesse dos estudantes de Inglês do que aprender as estruturas gramaticais",
diz Beare.

No entanto para desenvolver um "Small talk" é preciso mais que acabar com a timidez, uma vez que o assunto da conversa é aleatório exigindo um conhecimento mais amplo sobre o que se fala assim um maior vocabulário.

Além do mais, existem temas que são inconvinientes para conversar com alguém que acabamos de conhecer.


Original: http://esl.about.com/od/speakingenglish/a/smalltalk.htm

Labels: , ,

5 Motivos para Aprender Inglês

Wednesday, June 25, 2008
Aprender Inglês, quem nunca disse que ia começar um curso de Inglês e no fim das contas, com a falta de tempo, até hoje só viu aquilo que a professora Iara ensinou no Ensino Médio. Pois é uma realidade muito comum, no entanto a necessidade está batendo na porta de todo mundo.
Como dizia uma amiga: "Bateu na bunda fez tibum..."

Vou te dar 10 motivo para começar a aprender Inglês mesmo que em casa e sozinho.



5 Motivos para Aprender Inglês



  1. Conseguir um emprego melhor - Muitas empresas, principalmente multinacionais têm contratado pessoas que falem pelo menos o Inglês, sendo que algumas não exigem curso superior, vale a pena ficar de olho;
  2. Conseguir se virar em viagens - Uma coisa legal em falar Inglês é a possibilidade de se comunicar com pessoas de várias nacionalidades, os páises da Europa, em sua maioria, já usam o Inglês como uma segunda língua, até mesmo na China para que não ficassem isolados do mundo fala-se Inglês;
  3. Mestrado/Doutorado - Para quem quer mais que uma Pós o Inglês pode ser uma MÃO na roda;
  4. Ter acesso a maior quantidade de informação na internet - Segundo uma pesquisa no ano de 2007 o Inglês era a língua predominante na rede sendo 75% do conteúdo, hoje calcula-se uns 45% - Fonte.
  5. Ganhar mais acesso ao seu Blog/Website - Não apenas americanos mas pessoas de outros países certamente poderão ler o conteúdo do seu blog;

Labels: , ,

Onde encontrar aulas Gratuitas de Inglês

Estava eu dando uma lida em alguns blogs que tratam do ensino do Inglês como segunda língua e achei esse post super interessante sobre aulas gratuitas de capacitação com o certificado CELTA (Certificate of English Language Teaching to Adults) em parceria com a Universidade Anhembi Morumbi para professores de todo o Brasil.

É algo que eu adoraria fazer - Será que algum dia eles virão para Curitiba? :)

Link para se inscrever: http://www.uplanguage.com.br/aulas_gratuitas/

São 40 vagas e a empresa UP se reserva em fazer a seleção para completar as vagas.

Post original: Pitecos: Aulas de Inglês gratuitas em São Paulo

Labels: , ,

Eu quero...

Aprender o Básico.
Aperfeiçoar o que sei.
Praticar minhas habilidades.



Básico

Tudo Começa com o básico. Conhecer as estruturas de uma língua é um dos primeiros passos para saber utilizá-la. Aqui no blog, você pode encontrar artigos voltados para quem deseja começar a falar Inglês além de dicas de softwares e sites/blogs com conteúdo que possa desenvolver ainda mais a compreensão.

Indico que começe com:


  • Ferramentas para aprender Inglês sozinho(a);

  • Onde conseguiur material gratuito;

  • Como utilizar tudo isso?



Início

Intermediário

The code above is the absolute minimum code to embed Flash movies in HTML pages. It is not recommended to use the minimum code. There should be a few more attributes added:

classid is an attribute to the tag. It tells Internet Explorer to load the ActiveX plug-in if it is not installed
pluginspage is an attribute to the tag. It displays a link to the Shockwave download page if Netscape does not have it
The Flash program can add these attributes for you:

Step 1
Choose File > Publish. Flash will now create the , , and tags for you. It will also create the classid and pluginspage attributes.

Step 2
Open the HTML document that Flash created, view the HTML source and copy the code into your HTML page where you want your Flash movie.

Step 3
Be sure that you have the "somefilename.swf" in your Web folder.

Step 4
Type in the address of the HTML file in your browser and look at your first Flash movie.

Avançado

The code above is the absolute minimum code to embed Flash movies in HTML pages. It is not recommended to use the minimum code. There should be a few more attributes added:

classid is an attribute to the tag. It tells Internet Explorer to load the ActiveX plug-in if it is not installed
pluginspage is an attribute to the tag. It displays a link to the Shockwave download page if Netscape does not have it
The Flash program can add these attributes for you:

Step 1
Choose File > Publish. Flash will now create the , , and tags for you. It will also create the classid and pluginspage attributes.

Step 2
Open the HTML document that Flash created, view the HTML source and copy the code into your HTML page where you want your Flash movie.

Step 3
Be sure that you have the "somefilename.swf" in your Web folder.

Step 4
Type in the address of the HTML file in your browser and look at your first Flash movie.

Como aprender e memorizar novas palavras e expressões em Inglês

Tuesday, June 24, 2008
Ler, ler, ler, um hábito importantíssimo para adquirir um maior vocabulário em Inglês, mas pra todos nós chega uma hora que não sabemos mais como memorizar tanta coisa.
Cada pessoa "inventa" uma maneira para resolver esse problema, no meu caso costumo fazer em três passos.
  1. Leio em voz alta;
  2. Crio cerca de 3 ou 4 frases com diferentes circunstâncias e novamente repito-as; (Procuro sempre fazê-la em voz alta para analisar a entonação que dou nas sílabas tônicas para chegar o máximo possível da pronúncia de um nativo).
  3. Cerca de alguns dias, tento lembrar da última palavra que procurei memorizar e volto a repitir.

Depois que peguei esse costume ficou mais fácil, não o faço apenas na leitura mas também toda vez que ouça uma nova palavra.

Labels:

Idioms #1

Em Inglês o uso de Idioms é muito comum e constante.
É imprescindível conhecer pelo menos alguns para poder se comunicar e entender outras pessoas.
Fiz uma lista com algumas expressões bastante usadas:

  1. to be a flop/to flop (flopped) - ser um fracasso. The movie was a flop/flopped.
  2. to go belly-up - ir a falência. Josh's company went belly-up.
  3. to get canned - ser demitido. I got canned at work yesterday.
  4. to put up with - suportar. I cannot put up with Jane's habits.
  5. as a last resort - como uma última opção.  If I lose my job I can work at Kathy's Café as a last resort.
Essas são apenas as cinco primeiras. 
Até breve.

Labels:

Inglês através de música

Monday, June 23, 2008
Seria aprender inglês por meio de músicas prejudicial?
Bom, o aprendizado independente da forma é sempre bom, mas deve-se tomar um certo cuidado com as músicas pois muitas apresentam erros gramaticais. Então seria legal aprender com música sim mas além de música ler bastante para que aos poucos possamos identificar aquilo que foge da regra culta da língua.

Aqui algumas palavras relacionadas a música:

Chorus - Refrão;
Cappella - Capela;
Lyrics - Letra de música;
Sing/Sang/Sung - Verbo cantar (presente/passado/particípio)
Singer - Aquele que canta. Cantor.
Song - Canção;
Voice - Voz;
CD - Compact Disc;
Rhythm - Ritmo;
Compose/Composed/Composed - Verbo compor (presente/passado/particípio)
Drum - Bateria;
Melody - Melodia;
Guitar - Violão;
Bass - Baixo;
Band - Banda;
Play/Played/Played - Verbo Tocar* (presente/passado/particípio)
Solo - Solo
Instrument - Instrumento;
Orchestra - Orquestra;
Improvise/Improvised/Improvised - Verbo Improvisar (presente/passado/particípio);
Sacred - Musica religiosa;

See you!

Labels:

Letras de música, pode-se confiar?

Hi there!

Notei que muitas pessoas têm procurado por “Inglês através de música“, existem prós e contras a esse método.

Uma grande preocupação é a qualidade das traduções encontradas em sites de letras, como não existe uma “triagem” naquilo que é publicado muitas são grandes piadas.
Em alguns sites são oferecidos prêmios aqueles que adicionam um grande número de letras, muitas pessoas na ansiedade recorrem ao nosso queridíssimo tradutor do Google, que fim das contas nos faz rir com suas traduções ao pé da letra.

Então cuidado!

Labels:

Assistir aulas da Yale University pela internet

Há alguns dias estava lendo um artigo já antigo da Veja quando vi uma lista de links que possibilitavam que pessoas pudessem assistir gratuitamente aulas da Yale University logo fiquei em êxtase por poder ver como são as aulas.

A Open Yale Courses dá acesso aos curso de:
Até agora só assisti a algumas aulas de física, o legal é aprender vocabulário dessas matérias.

Labels:

Useful Stuff

Para aprender Inglês sozinho e online não é algo impossível nem tão complicado.
Então para que possamos aprender com uma maior facilidade fiz uma lista de softwares/Websites/Blogs que podem ajudar com todas as "skills" (Writing, Listening and Speaking).


NÃOCoisas que
abro mão



Softwares:

Paltalk - Programa de chat que possibilita o uso de microfone em uma sala com outras pessoas, o legal é que existe uma seção Education onde você encontra salas sobre aprendizagem de idiomas, mais comumente o Inglês.

WordWeb - ele é um dicionário muuuuuito prático e usa o Microsoft Voice que vem instalado no XP, ele vem com um "built-in dictionary" mas também faz consultas em páginas como o wikipedia e apresenta os sinônimos da palavra buscada. VALE A PELA!

Blogs:

English Experts - Um blog muito legal com muitas curiosidades sobre o Inglês, expressões idiomáticas de vários temas.

Better at English - Dicas, artigos e material para Download. (Inglês)

China 232 - Podcast muito interessante onde eles batem um papo sobre assuntos em geral.

Labels:

Simple Past Tense

Simple Past Tense equivale ao nosso Passado.
Ele é usado para ações ocorridas, e já terminadas, no passado em um tempo determinado.

O Verbo Auxiliar do Simple Past é o DID.

Ele é usado apenas nas frase Interrogativas (Afirmativas e Negativas) e Negativas.
No caso de frase afirmativa o verbo será flexionado para sua forma no passado.

Did é usado para todas as pessoas.(1ª do singular à 3ª do plural).

Estruturas genéricas:

Afirmativa/Affirmative:

went to school yesterday. (Fui para à escola ontem.)
He bought a new car. (Ele comprou um carro novo.)
They painted the house. (Eles pintaram a casa.)
We traveled last weekend. (Viajamos fim de semana passado.)

(Note: As frases afirmativas não apresentam o auxiliar DID, elas apenas flexionam os verbos principais para sua forma no passado simples. Go -> went, Buy ->bought, Paint ->painted, Travel -> traveled or travelled (brit.))

Interrogativa (Afirmativa & Negativa)/Interrogative:

Did/Didn’t you go to school yesterday? (Você foi à escola ontem?)
Did/Didn’t he buy a new car? (Ele comprou um carro novo?)
Did/Didn’t they paint the house? (Eles pintaram a casa?)
Did/Didn’t we travel last weekend? (Viajamos fim de semana passado?)

(Note: As frase interrogativas apresentam o verbo auxiliar do Simple Past, DID, assim, os verbos ficam em sua forma base, enquanto o verbo auxiliar (DID) faz com que o verbo flexione-se no passado.)

Negativa/Negative:

didn’t go to school yesterday. (Não fui à escola ontem.)
He didn’t buy a new car. (Ele não comprou um carro novo.)
They didn’t paint the house. (Eles não pintaram a casa.)
We didn’t travel last weekend (Nós não viajamos fim de semana passado.)

Assim como na Interrogativa, devido a presença do Verbo Auxiliar o verbo ficará em sua forma base.

Labels:

Simple Future Tense

Sunday, June 22, 2008

O Simple Future Tense ou simplesmente o Futuro em nossa queridíssima língua portuguesa.

Em Inglês o verbo sozinho não consegue expressar um tempo verbal, aí entram os Auxiliary Verbs ou Verbos Auxiliares, que ajudarão/auxiliarão o verbo a expresar tal tempo.

Para que possamos dizer que algo será feito no futuro usaremos Will ou Be going to, as diferenças entres essas duas formas serão cobertas nos próximos posts.

(Todas as pessoas, da 1ª do singular a 3ª do plural, usam Will.)

Affirmative:

I will get a new job. (Eu conseguirei um novo emprego.)
She will set up her bussiness next month. (Ela começará seu novo negócio mês que vem.)
They will move to Curitiba. (Eles se mudarão para Curitiba.)

Nas sentenças afirmativas fica bastante claro a função do Verbo Auxiliar, neste caso o Will.
O Will dará sentido no futuro ao verbo principal das frases.

Estrutura*:

Subject/Sujeito + Auxiliary Verb/Verbo Auxiliar + Main Verb/Verbo Principal + Objects.

Mary (She) will bake a cake.
Joshua (He) will climb a mountain.
Jeff and Jane (They) will buy a new house.

A estrutura é formada por um Sujeito da frase seguida do verbo auxiliar Will, verbo principal que fica em sua forma base** e o objeto do verbo transitivo direto.

Negative:

I won’t forget her name. (Eu não esquecerei o nome dela.)
She won’t quit her job. (Ela não sairá de seu emprego.)
They won’t stop smoking. (Eles não pararão de fumar.)

Assim como nas sentenças afirmativas o verbo auxiliar está dando o sentido de futuro ao verbo principal, aqui seu sentido é uma forma no futuro e negativa.

Estrutura*:

Subject/Sujeito + Auxuliary Verb/Verbo Auxiliar + Main Verb/Verbo Principal + Object.

won’t/will not drop out my English course. (Eu não sairei do curso de Inglês.)
She won’t/will not break up with Kevin. (Ela não terminará com Kevin.)
He won’t/will not miss his classes this year. (Ele não faltará as aulas esse ano.)

Interrogative (Affirmative and Negative):

Affirmative Interrogative:

Will you keep on working at the bank? (Você continuará a trabalhar no banco?)
Will she work out a solution? (Ela achará uma solução?)
Will they go home by bus? (Eles irão para casa de ônibus?)

Negative Interrogative:

Won’t David put on his new coat? (David não colocará seu novo casaco?)
Won’t she meet Jonathan at the mall? (Ela não encontrará Jonathan no Shopping?)
Won’t the electric cars come out this year? (Os carros elétricos não serão produzidos esse ano?)

Estrutura*:

Auxiliary Verb/Verbo Auxiliar + Subject/Sujeito + Main Verb/Verbo Principal + Objects.

Will Kathy marry next year? (Kathy se casará ano que vem?)
Won’t Carl buy an iron? (Carl não comprará um ferro de passar?)
Won’t they fix dinner tonight? (Eles não farão jantar esta noite?)

Para se formar uma pergunta no futuro em inglês coloca-se o verbo auxiliar antes do Subject/Sujeito e deixa-se sempre o verbo em sua forma base**.

Contrações/Contractions:

Pode-se contrair o pronome e o verbo auxiliar:

I will - I’ll
You will - You’ll
He will - He’ll
She will - She’ll
It will - It’ll
We will - We’ll
They will - They’ll

*Estrutura genérica sem o uso de adverbs/advérbios ou outras classes de palavras.
** O que é forma base? - i.g. o vergo to be, a forma base dele é BE. Verbo to jump, forma base: jump.

Labels:

Como aprender Inglês sozinho





Estamos cansados de saber da impotância de se ter pelo menos uma segunda língua, mas infelizmente nem todos têm acesso, tempo ou dinheiro para sanar essa necessidade.
Criam-se fórmulas miraculosas que resolvem esse problema em 1 mês, mas será mesmo que vale a pena?

Se você está lendo este post certamente essa pergunta te chamou a atenção, enfim, quem não gostaria de conhecer um método eficiente, barato e acessível?

Infelizmente esse método "aprenda-Inglês-para-ontem" é utópico.
Esta discussão foi levantado no site English Experts e achei muito interessante e o quanto pode ajudar outras pessoas a dar seus primeiros passos rumo ao aprendizado/fluência em Inglês.

Listarei práticas que foram muito importantes para o meu aprendizado:

6 Passos para aprender Inglês
  1. Acesso á materiais de língua Inglesa - É muito importante mesmo que não entenda de início as estruturas ou mesmo as palavras, você possa ter contato com a língua por meio de textos (Livros, apostilas, revistas etc);
  2. Não ter vergonha ou receio em se expressar - Um dos obstáculos mais difíceis de se vencer no aprendizado de uma língua qualquer é a timidez, use programas de conversação com áudio (Paltalk, Skype, MSN, Yahoo!), converse com outras pessoas que também estão aprendendo e com falantes nativos, mas sem medo, além do mais niguém está te vendo.
  3. Force seu ouvido a identificar sons das pronúncias e fale em voz alta - Palavras com "TH" em Inglês costumam dar um pouco mais de trabalho para nos abituar. Repita em voz alta toda palavra nova que aprender, preste atenção em sua pronúncia.
  4. Tente imitar um falante nativo - Assim que você estiver mais familiarizado com os sons tente imitar a forma que falantes de língua inglesa expressam as sílabas tônicas.
  5. Leia textos em voz alta - Quando puder leia em voz alta e analise como você esprime as sílabas tônicas.
  6. Participe de grupos de conversação em sua cidade - Uma atividade que simplesmente não abro mão é de me reunir com outras pessoas para conversarmos em Inglês, pois chega uma hora você não aguenta mais conversar por um computador (Para que mora em Curitiba toda sexta as 20:00h nas Livrarias Curitiba - Shopping Estação.

Labels:

Simple Present Tense

O Simple Present Tense é equivalente, em Português, ao nosso Presente.
Na língua Inglesa o Simple Present é usado para expressar ações que são feitas com uma determinada frequência, como ir à escola, trabalhar, ou seja tarefas rotineiras, também hobbies e eventos agendados.

Na Timeline podemos entender que a ação do Simple Present não está somente localizada no ponto Present mas sim em toda ela, indicando que a ação é usual, repetitiva.

Verbo Auxiliar:

O Verbo Auxiliar do S. Present é o Do/Does.

Do/Don’t ou Do not para a 1ªe 2ª pessoas do singular (I and You) e 1ª, 2ª e 3ª pessoas do plural (We, You and They).
Does/Doesn’t ou Does not é usado apenas para 3ª pessoa do singular (He, She and It).

Usam-se os verbos auxiliares apenas nas frase interrogativas e negativas.

Interrogativas:
1) Do you wanto to dance? (Você quer dançar?)
2) Do they like cats? (Eles gostam de gatos?)
3) Does he know how to drive? (Ele sabe como dirigir?)

Negativas:
1) I don’t want to dance. (Eu não quero dançar)
2) They don’t like cats. (Eles não gostam de gatos)
3) He doesn’t know how to drive. (Ele não sabe como dirigir.)

Afirmativas:
1) I work every day. (Eu trabalho todos os dias).
2) She plays the piano. (Ela toca piano).
3) He doesn’t have a car. (Ele não tem um carro).
4) Do they have kids? (Eles têem filhos?)

Labels:

Somente para quem quer falar Inglês perfeitamente....
Blog melhor que pipoca com Guaraná (para geeks)
The Sentence and its elements: The Sentence Skelet...
Future: Be Going to - How to use it?
To be a "Grammar Geek" or a "Small-Talker"?
5 Motivos para Aprender Inglês
Onde encontrar aulas Gratuitas de Inglês
Eu quero...
Como aprender e memorizar novas palavras e express...
Idioms #1